Como é a Praia do Forte em Florianópolis

A praia do Forte em Florianópolis tem águas mais mornas e claras, ondas tranquilas e está localizada na região norte da ilha, do lado das praias de Jurerê Internacional e de Daniela. Você pode aproveitar para relaxar sem estar no meio da muvuca, pois o local tem um acesso menos fácil por estar praia meio isolado. Porém, caso você queira sentar almoçar ou comer algum petisco, também tem opções de restaurantes por perto.

Apesar do acesso não ser tão prático por causa de uma única via para descida e subida de carros, é claro que na alta temporada do verão, você sempre vai encontrar as praias de Florianópolis lotadas, ainda mais nos dias festivos e final de ano. Fora dessas datas, a praia do Forte não conta com muitos frequentadores que deixam a faixa areia aglomerada.

Tarde de verão em Floripa

O que eu mais gostei desta praia foi a água mais morna e as ondas mais tranquilas, o que é uma dádiva em comparação às outras praias de Floripa que podem ter águas frias ou geladas e ondas arrasadoras dependendo do dia.

Ondas do tipo “piscininha, amor” kkk

No canto direito, tem algumas pedras que você pode aproveitar para tirar suas fotos. Também o famoso forte está perto e é um resquício da história de Floripa. Se você preferir, pode visitar o lugar que é um museu.

Tire um tempinho para essa parada histórica

A paisagem no fim do dia nessa praia foi uma das mais bonitas que já presenciei, olha só esse céu na chegada da noite.

Lindo

Já que estou falando da Praia do Forte, não custa nada mostrar um pouco também de Jurerê Internacional que fica grudada. Eu particularmente, nunca me interessei em ir para a praia Jurerê por não achar a região tão bonita no quesito mar.

Mas, se você gosta de passar por regiões de casas de alto padrão e sentir um pouco do glamour desses locais, então recomendo uma rápida caminhada. Um dia eu acabei descendo em Jurerê Internacional para combinar com uns amigos para ir até a praia de Daniela.

Aproveitei para tirar algumas fotos pelo centrinho do bairro.

Bairro de Jurerê Internacional em Florianópolis
Dia ensolarado em Floripa
Debaixo da sombra da árvore esperando o meu carro de aplicativo

Caso você esteja na praia de Jurerê Internacional, no canto esquerdo, saiba que tem como chegar a pé até a Praia do Forte. Você só precisa subir um pouco o morro do forte, passar por ele e descer. Não tem como se perder.

Como é Playa del Carmen, no México

A cidade de Playa del Carmen, no estado de Quintana Roo, na península de Yucatán, no México, é um paraíso litorâneo com águas claras de tons azuis ou esverdeados com temperaturas amenas. A praia está em frente a diversos hotéis, lojas, restaurantes e demais comércios que deixam a vista elegante. De Cancún, o percurso dura aproximadamente uma hora de carro ou perua (espécie de minivan), que você encontra fácil no centro.

Esse destino acaba sendo uma opção mais viável se você gosta de ir para os lugares a pé, fazer compras e ter diversas opções de alimentação na beira da praia. Enquanto Cancún é ideal para quem vai fazer tudo de carro, Playa del Carmen convida o viajante a andar tranquilamente com acesso fácil para o comércio e o mar. A Quinta avenida é a principal via para se fazer um passeio que te deixa perto tanto da praia quanto dos restaurantes, shopping, lojinhas de conveniências e até hospedagens. Se você tem mais dias, eu recomendo que fique nessa cidade.

Vou dividir Playa del Carmen em duas partes em relação ao porto principal: lado esquerdo, sendo a parte que eu considero ideal para aproveitar a urbanização, enquanto o direito é perfeito para desfrutar a vida no melhor da praia. Se você quiser pegar um barco de Playa del Carmen até a ilha Cozumel ou Isla Mujeres, pesquise antes por umas três empresas que fazem o trajeto. Quando eu fui, a empresa com o valor mais vantajoso foi a EasyJet.

Avenida Benito Juarez, lado direito do porto e praia mais paradisíaca

Se você quiser encontrar o mar em um de seus melhores momentos, o ideal é ir para a praia na parte da manhã, quando as águas estão tranquilas, transparentes e o clima não está tão quente, principalmente no verão que começa em junho no México, por estar no hemisfério norte. A parte mais bonita dessa praia está localizada no lado direito do porto que recebe as embarcações para a ilha Cozumel e Isla Mujeres. Depois de passar pelo porto, uma caminhada de uns 10 minutos já vai fazer você se deparar com o melhor de Playa del Carmen, note que essa região é chamada de Playacar, você pode caminhar livremente por lá, no entanto, a parte urbana é privada, a não ser que você esteja hospedado nessa região, não é permitida a circulação pelas ruas do condomínio, que têm hotéis luxuosos e lindas casas de frente para o mar, que deixam ainda mais interessante a vista sem tirar a beleza da natureza.

Outra maneira de se localizar facilmente para chegar em Playacar, é descer totalmente a Avenida Benito Juarez. No fim dela, você vai ver uma praça e em frente estará o porto. Aproveite para passar em alguma lojinha perto para comprar uma ou várias lembrancinhas. Você também vai encontrar no caminho diversos mercadinhos e lanchonetes, que podem ser úteis na hora da fome. Inclusive, caso você precise trocar os seus dólares ou reais, também vai achar casas de câmbio com uma boa cotação. Não troque no aeroporto, que tem as cotações mais altas. Pesquise umas três casas de câmbio antes de decidir qual é o melhor câmbio do dia.

Avenida Benito Juarez: diversas conveniências estão disponíveis no trajeto até a beira do mar em Playa del Carmen
Arquivo pessoal
Praça próxima ao porto principal de Playa del Carmen. Xô nuvens cinzentas! Eu quero aproveitar o verão
Arquivo pessoal

Playacar é realmente um paraíso. A sensação relaxante, o mar azul-claro, as ondas fraquinhas na manhã e o sol mais ameno deixam o seu dia sensacional para aproveitar essa praia. Se você puder levar o seu próprio guarda-sol, vai ser bom, porque não existem opções de aluguel e os lugares que fazem sombra são escassos, assim como o comércio que não existe nessa região. De vez em quando, aparecem algumas pessoas vendendo alguma coisa para beber ou comer. Outra informação é que algumas mulheres (não é frequente) fazem topless, não sei se isso deixa desconfortável para quem leva criança.

Dá para acreditar nessa manhã em Playacar?
Arquivo pessoal

Olha para isso, esse é um dos meus dias amenos em Playa del Carmen, na região de Playacar
Sol, mar azulado e brisa. Quer mais ou está pouco?
Arquivo pessoal

Lado esquedo do porto

Aqui é onde você consegue ter aquele seu momento mais consumista. Nesse lado, você encontra lojas de perfume, de diversas marcas esportivas, um shopping bem moderno que vende até produtos da Apple (ótimo para pagar bem mais barato do que no Brasil), entre outros. A praia por lá também é boa, mas não tanto quanto Playacar, que é menos cheia e agitada no sentido de curtição de música e badalação.

Melhor região para se hospedar

Escolher uma hospedagem próximo da avenida Benito Juarez é uma junção do melhor da parte urbanizada e da praia. Você vai ficar próximo do Walmart e demais conveniências caso precise comprar coisas para cozinhar e também vai estar perto para se jogar em Playacar. Quando aproveitei essa região ficando por lá, me hospedei no hostel La Tequilita, que mudou totalmente e hoje se chama Izla Suites. Caso você queira algo mais glamourizado, não vão faltar opções na mesma rua, que está a poucos passos da famosa Quinta Avenida.

Quinta Avenida

Em Playa del Carmen no Natal, a Quinta Avenida fica repleta de decorações natalinas dignas de várias fotos. Se não for a época, tem muito o que aproveitar por esse calçadão que tem lojas de conveniências enormes (uma até tem um fusca colorido para tirar fotos), restaurantes com música e até mesmo hostels. Não tem como não conhecer esse trajeto icônico.

Cor é o que não falta no México
No Natal é quando a Quinta Avenida fica mais bonita
Arquivo pessoal

Playa del Carmen tem seus lugares mais requintados com os preços altos, mas também não deixa na mão quem está fazendo uma viagem de baixo custo. Existem hospedagens e hotéis para todos os bolsos. Logicamente, para se alojar, os preços elevados são daqueles opções que ficam na beira da praia ou muito perto da quinta avenida. O mesmo pode ser considerado para a alimentação. Se você quer encontrar algo que caiba no bolso, não vai precisar andar muito. Umas duas ou três ruas atrás da Quinta Avenida já deixa os valores mais baixos. Considerando que o México não é país um caro, também vai depender do seu planejamento financeiro e do quanto está disposto a gastar com o básico e os mimos. Eu não senti os valores serem altos, até porque procurei opções em conta e comprava comida para cozinhar no hostel.

Uma coisa legal que você encontra na praia são as macas de massagem. Diversos massagistas ficam disponíveis para o serviço ali mesmo na areia. Se puder, se planeje para uma massagem dessas. Outra coisa curiosa é que diversos hotéis na orla deixam camas elegantes e espreguiçadeiras para os seus hóspedes relaxarem. Nunca tinha visto isso antes. O público em geral que passa por lá, dá de cara com essa estrutura. E mais uma curiosidade: à noite, na Quinta Avenida, você encontra os famosos mariaches, aqueles homens de sombreiro enorme e vestidos de roupas tradicionais com os seus instrumentos musicais para entoar alguma canção típica.

Segurança

No quesito segurança, eu não vi problemas, porém não recomendo abusar. A maioria das vezes que saí à noite, eu estava acompanhado. Essa região que descrevi, perto do Wallmart, Avenida Benito Juarez e Playacar são seguras. Na alta temporada, o policiamento é mais forte. Porém, se você vai para um lugar afastado, é preciso cautela. Não andar tarde da noite e sozinho em locais distantes não é prudente em qualquer lugar do mundo. Seguindo todas essa minhas dicas, Playa del Carmen vai ser uma viagem encantanda!! Aproveite! Sinto saudades desse lugar! Um dia vou voltar.

Como é o pôr do sol em Viña del Mar, no Chile

Um dos finais de tarde mais bonitos que já vi no Chile foi em Viña del Mar. Você consegue observar o sol se pondo no mar, é lindo. O lugar, apesar de ser praia, não é um destino para quem quer dar um mergulho por causa das águas gelaaaadas. No entanto, essa região não perde o seu encanto. Indo de Santiago, você pode levar até uma 1h30 para chegar. Essa cidade fica do lado de Valparaíso.

Escultura de frente ao mar em Viña del mar

O interessante de Viña del Mar é que a natureza litorânea está próxima de uma urbanização elegante. Você encontra ruas bem conservadas, prédios residenciais modernos e diversas opções de comércios. Eu fiquei uns sete dias lá. Até que é bastante tempo, mas precisava de um lugar mais tranquilo para terminar o meu e-book: As Aventuras de um Jovem Chamado Adriano Ferreira. Mal sabia eu que muito mais aventura estava vindo pela frente.

No dia dessa foto, eu tinha tinha perdido o horário de me encontrar com uma brasileira e um chileno, então fiquei por ali, tirando fotos
Apenas parava, sentava, respirava e contemplava
O frio que faz não impede de observar esse espetáculo do fim de tarde. Eu simplesmente amava passear nesse horário em Viña del Mar por isso

O que eu aprendi em um ano de Florianópolis

Eu não imaginava que pudesse ficar tanto tempo em Florianópolis, e isso é uma das boas surpresas que tive. Percebi mais uma vez que os meus planos podem mudar para melhor, afinal foi isso o que aconteceu. Eu só não imaginava isso.

Me lembro de quando cheguei pela primeira vez aqui, no meio da pandemia, em maio de 2019. Aquele rapaz cheio de vontade de se mudar para uma nova cidade, se deparou com um friozinho de fim de tarde e um apartamento aconchegante no bairro de Canasvieiras. Um novo lugar sempre traz um novo ar, um pensamento mais arejado, novas expectativas.

Eu tava doido mesmo era para me esbaldar nas praias paradisíacas que tanto tinha visto pelas fotos. No entanto, as águas frias, por causa da estação, não me deixaram mergulhar pelos próximos cinco meses.

Eu já estava começando a ficar frustrado quando o mês de outubro chegou, e ainda não tinha dado um mergulho naquela água clara de Canasvieiras. Paciência, isso foi outra coisa que tive que aprender. Tudo tem o seu tempo. O frio também me fez aproveitar bastante o meu cobertor, umas bacias de pipocas que fiz e os filminhos no fim de semana ou no fim da noite no sofá.

Em um belo dia, quando o sol estava raiando bastante quase no fim de outubro, tive certeza que tinha que ser aquele dia que eu deveria estrear o mar de Florianópolis. Fazia um sol mais forte que o comum. Depois que caminhei um pouco pela praia, tchibum!!! Dei um mergulho!! Aleluiaaaaa!!!! Imagina a minha alegria! A minha felicidade não tinha nem como ser calculada! Mas essa primeira vez não durou muito, porque não aguentei ficar mais tempo na água com aquela sensação de frioooo, mesmo em um sol mais forte que o normal.

Consegui aproveitar mesmo e me esbanjar no fim do mês de novembro em diante, quando já tinha me mudado de bairro, de Canas fui para os Ingleses. A vista da praia aqui tem uma paisagem fora do comum, principalmente pelas dunas no canto do lado direito. Então nem preciso dizer que quase marinei na água, né. Visitei várias outras praias lindas no verão (Daniela, Praia do Forte, Gaivotas e Praia Brava), onde finalmente senti que estava aproveitando a Florianópolis que queria e hoje estou satisfeito com a minha estadia na cidade.

Além das belezas naturais, vi que os relacionamentos são importantes. Os amigos mesmo distantes conseguem manter uma parceria, serem presentes, nem que seja para um apoio moral. Saber valorizar essas pessoas é essencial para se manter mais forte.

Outra coisa que aprendi foi fazer a minha parte, não importando se a outra pessoa foi ou não sincera. É difícil ser assim? Lógico, porém Deus é justo, ele é quem faz a luz brilhar ainda mais em um momento de escuridão. Eu sou testemunha de que coisas maravilhosas e inesperadas acontecem. Por isso, a esperança nunca pode morrer.

Feliz e satisfeito em um dia na Praia do Forte em Florianópolis

Aproveitando o pôr do sol, em Puerto Viejo, na Costa Rica

A primeira cidade em que eu cheguei na Costa Rica foi Puerto Viejo. Eu estava em Bocas del Toro, no Panamá, e tive que pegar um barco para a cidade costarriquenha. O trajeto não é longo. A cidadezinha praiana é repleta de natureza. Prepare-se para respirar um ar mais puro e entrar no clima relaxante dos moradores que celebram a vida com o bordão: Pura vida.

Primeiro dia na Costa Rica. Já fui me jogando no mar na cidade de Puerto Viejo

Aproveitei o fim de tarde em Puerto Viejo para conhecer a praia local, no entanto, as praias mais bonitas estão próximas de Puerto Viejo. Fui em uma linda que se chama Punta Uva.

A praia do centro de Puerto Viejo é apenas um aperitivo para as visitas às praias ao redor

Uma dica importante é se informar com as opções de transporte com o seu hostel antes mesmo de chegar em outra cidade ou país. Eu acabei comprando uma passagem pela internet que custou o dobro do valor cobrado pelos hostels locais. Então, se quiser saber como chegar em algum lugar (de uma cidade para outra, por exemplo), mande um e-mail para a sua hospedagem perguntando as opções.

Um dos mais belos pores do sol que já vi numa praia

Relaxando um pouco na areia de Puerto Viejo

Passeando a pé na Ilha de Cozumel, no México

Olá, amigos, nessa postagem vou falar de alguns lugares que são possíveis de visitar a pé na ilha de Cozumel, no México. O ideal é ter algum meio de transporte para você se locomover em menos tempo e se cansando pouco no percurso, aqui tem uma dica matadora de transporte pela ilha.

Esculturas no caminho para a Playa Azul


A praia mais perto do porto é a Playa Azul, que é particular. Você consegue chegar lá caminhando uns 25 ou 30 minutos. No entanto, eu só recomendo esse passeio durante a manhã, pois o sol não está tão forte. Para permanecer na praia, é preciso consumir algo no bar/restaurante que fica na entrada.

Playa Azul
Fonte: Different world

O trajeto da caminhada é agradável, tem várias esculturas que remetem aos povos nativos da região. A bela vista do mar e a amplitude da calçada deixam a experiência melhor ainda.
As demais praias ficam mais longe, então é melhor chegar nelas de carro.

Praça das duas culturas

Caminhando próximo ao porto, também é possível conhecer o centro de Cozumel, que é cheio de lojinhas de artesanatos e lembranças para levar de recordação. Eu levei um chaveiro lindo de Cozumel para a minha irmã. Se você quiser matar sua fome, é só andar mais um pouco pelo centro que vai encontrar diversas variedades de restaurantes. O Señor Frogs, por exemplo, está no centro comercial chamado de Punta Langosta, que fica a uns 15 minutos caminhando da praça principal.

O Taco y Tequila está praticamente do lado do Señor Frogs.

No fim do dia, tem o presente gratuito da natureza que é o belo pôr do sol. Ideal para você apreciar do porto da ilha.

Fim do dia em Cozumel

Dólar acima de R$ 5? Veja 4 praias para visitar no Brasil

A alta do dólar deixa aquela viagem internacional tão sonhada mais cara. O dólar hoje passou dos R$ 5, mas isso não quer dizer que o sonho de viajar acabou. Existem lugares muito lindos no Brasil que vale a pena conhecer sim e que vão proporcionar uma experiência inesquecível.

Vou deixar aqui 4 lugares para você pensar em conhecer dentro no Brasil depois que a quarentena passar:

1 – Florianópolis

As paisagens da cidade, que fica em uma na ilha, são lembranças para toda a vida. O destino é bem badalado, mas tem preços mais em conta também. Isso vai deixar os gastos bem menores que lugares mais visitados como o Rio de Janeiro.

Quem gosta de um lugar com uma faixa de areia mais extensa, a praia de Canasvieiras é uma boa pedida. Hoje eu estou morando no bairro dos Ingleses, onde a praia também é boa demais. A parte mais bonita, na minha opinião, é onde ficam as dunas, no lado direito lá no fim perto da montanha.

Praia dos Ingleses perto das dunas
Linda paisagem. No verão a água tá perfeita
Mar bom, sol bom e uma foto para deixar na memória

2 – Salvador – Bahia

Não vão faltar praias lindas para apreciar. A Praia do Farol da Barra e do Rio Vermelho são lugares imperdíveis principalmente por estarem de frente para a cidade. Caso você não queira tanta agitação, o Morro de São Paulo vai ser mais ideal para o seu gosto. Essa antiga vila fica a duas horas de Salvador.

Praia do Farol. Olha isso…
Reprodução: Férias Brasil

3 – São Sebastião – São Paulo

Quem está em São Paulo e não vai poder viajar para muito longe, São Sebastião é uma boa escolha. São diversas opções de praias como: Arrastão, São Francisco, Enseada, Barequeçaba, Maresias, Boiçucanga e Barra do Una. Existe até mesmo um grupo do WhatsApp para os turistas.

Enseada, opção mais ao norte de São Paulo
Reprodução: SãoSebastião.tur

4 – Porto de Galinhas – Recife

As piscinas naturais são um dos grandes atrativos dessa região que fica no litoral sul do estado. A região conta com paisagens paradisíacas. Aproveite também para se deliciar nas comidas típicas como o arrumadinho.

Difícil uma praia do nordeste não ser belíssima
Reprodução: Eu ando pelo mundo

Como é a praia de Canasvieiras em Florianópolis?

Canasvieiras, que está no norte da ilha, foi o primeiro bairro em que morei em Florianópolis e fica pertinho do badalado Jurerê Internacional. Todo mundo que passeia por Canas (apelido de Canasvieiras) diz que o estilo do lugar é mais familiar, e eu concordo. Por não ser grande, você consegue fazer coisas básicas na região como ir ao supermercado, ao correio, às lojas e à farmácia com poucos passos.

Norte de Florianópolis, no bairro de Canasvieiras, existe uma boa estrutura para receber turistas
Uma das principais vias de Canas é rua Madre Maria Villac, a alguns passos da praia

Às vezes na praia dá para ver algumas lanchas e barcos mais afastadas da orla, navegando em meio ao mar que tem dias quase sem ondas, porém outras vezes é mais agitado, mas não muito. Quem quer passear de lancha não vai ter dificuldade em se deslocar de Canas até Jurerê, que é onde os aluguéis estão disponíveis.

Dia de sol rachando e mar relaxado em Canas, amo

A praia é uma das mais lindas que eu vi aqui em Floripa. O destaque é para os espetaculares pores do sol. O mar tem águas claras caso o dia esteja de sol constante, a faixa de areia é extensa, o que dá espaço para receber muito visitante sem aglomeração.

Nesse dia o mar tava quase uma piscininha
Que pôr do sol lindo é esse?
A natureza é uma obra de arte. Não esperava por essa vista

Lado Esquerdo: residências, pedras (Ponta dos Morretes), pequenas trilhas e Jurerê Tradicional

No lado esquerdo da beira da praia de Canasvieiras, que é bastante residencial e tem mais a presença hotéis, ficam algumas pedras. Lá as pessoas podem fazer uma pequena caminhada na parte de baixo quando a maré está baixa, ou então subir pelas pedras e fazer uma trilha rápida até o outro lado da praia. Essa parte é conhecida como Ponta dos Morretes. Tem que ter disposição.

Para quem gosta de caminhar ainda mais, dá para chegar em Jurerê Tradicional com uns 30 minutos ou menos a partir das pedras.

Caminho para Jurerê em um dia nublado, imagina com sol

Lado direito: restaurantes, trapiche, passeio do Barco Pirata e Praia da Cachoeira

Se você for caminhando para o lado direito vai se deparar com uma bela paisagem também. Tem alguns restaurantes/bar na beira da praia para saborear algum petisco.

Um passeio que eu ainda não fiz por conta da pandemia é o Barco Pirata, mas, que agora está disponível com medidas de segurança contra o coronavírus (50% da capacidade e uso de máscara).

O Barco do Pirata passa por várias praias como Canajurê, Jurerê Internacional, Praia do Forte,
Ponta das Canas, entre outras. A duração é de 1h30. Os valores atualmente são de R$ 65 no cartão e R$ 60 no dinheiro. Aqui vai o site do passeio Barco Pirata para você ter mais detalhes.

Atração turística está tomando medidas preventivas depois de ter interrompido suas atividades

Mais para frente, não vai ser difícil de achar o trapiche, para quem é de São Paulo, o nome conhecido é o “pier”. Lá você consegue apreciar, tirar fotos “matadoras” da paisagem e não deixar passar a visão do nível de claridade da água.

Trapiche ou pier na parte direita de Canasvieiras. Antes tinha um toldo, porém ele foi levado pela ciclone bomba que teve em Floripa, mas calma que esse fenômeno é raro de acontecer.
Fui até o trapiche tirar uma selfie

Se você gosta de caminhar, mais para frente tem a Praia da Cachoeira (não tem cachoeira perto kkk), a faixa de areia nessa parte é menor e as propriedades são mais residenciais. Tem menos gente circulando e por isso é mais tranquilo, pelo menos na época que passava por lá em agosto e setembro.

Um pouco depois do trapiche, você vai em direção à Praia da Cachoeira. Gostou?

Conheça destinos no nordeste que chamam a atenção

O nordeste é repleto de praias paradisíacas. Quem passa por lá não se arrepende de visitar as diversas belezas naturais que preenchem essa região brasileira. São diversos lugares que possuem uma cultura marcante que atrairá os turistas por mais tempo.

Confira abaixo alguns destinos para visitar no nordeste do Brasil:

Maragogi, em Maceió, é de sonhar acordado
Reprodução/Jaraguá Turismo

Maceió, Alagoas

Na cidade de Maceió, em Alagoas, existem praias imperdíveis como em Ponta Verde, que é de deixar de boca aberta quem passa pela capital do estado. Nessa região as praias que têm um cenário deslumbrante merecem uma visita. Aproveite a promoção para o destino dos sonhos:

Aproveite para relaxar no paraíso de Maceió

Maragogi está perto da cidade, a aproximadamente 130 km, e não pode ser ignorada pela beleza de suas águas cristalinas azul-turquesas. São Miguel dos Milagres também está na lista dos pontos imperdíveis.

É o Caribe? É o Brasil dando uma surra de beleza com as praias cristalinas

Indo para o sul do estado, a praia do Gunga é mais um lugar encantador, no meio do caminho o visitante poderá conhecer a cidade histórica de Marechal Deodoro.

Fortaleza, Ceará

O Beach Park, em Fortaleza, é um lugar cheio de atrativos aquáticos para você se refrescar no calor. Se divirta e relaxe nas diversas piscinas e nos brinquedos distribuídos pelo parque com o pacote do Hurb.

Perto de Fortaleza, está o balneário do Morro Branco, em sua formação, estão falésias avermelhadas que cobrem uma parte da areia macia.

Em Cumbuco, na época mais favorável, o lugar se torna um dos melhores do Brasil para praticar o esporte kitesurfe. Se o turista tiver mais tempo, é recomendável uma viagem para longe para chegar em Lagoinha, que fica a 120 km e que compensa por ser uma das praias mais bonitas.

Natal, Rio Grande do Norte

Esse destino tem um dos melhores preços para você que gosta de praias deslumbrantes e de economizar sem perder a qualidade da sua viagem. Não deixe de conhecer a praia Ponta de Negra, a Praia do Meio e Praia dos Artistas. Não esqueça também de visitar o maior do cajueiro do mundo, que fica no Cajueiro de Pirangi.

Natal, no Rio Grande do Norte é banhado por águas cristalinas
Divulgação/Hurb

Vou deixar aqui um pacote de viagem para Natal com hospedagem para 5 dias com café da manhã e voo por R$ 659,40, em até 12 vezes no cartão de crédito.

Outro lugar para visitar no Rio Grande do Norte é a praia de Pipa, que fica na cidade de Tibal do Sul a 80 km de Natal. Lá você pode fazer o passeio de 4×4, pelas dunas ou de quadriciclo e barco. O momento do pôr do sol é outro ponto alto para viver na região.

Se jogue em Natal e Pipa, cidade próxima capital

Pernambuco

Em Pernambuco, não vão faltar praias paradisíacas. A 60 km de Recife, você pode conhecer o recomendado Porto de Galinhas que tem águas cristalinas e piscinas naturais.

Aproveite a tranquilidade em uma praia cristalina de Porto de Galinhas
Divulgação/Hurb

No pacote de viagem do Hurb, você tem 3 diárias em Porto de Galinhas e aéreo por R$ 999,00, em até 12 vezes no cartão de crédito.

Tem também Recife e Porto de Galinhas por R$ 549,00 com 6 ou 8 diárias e aéreo em 2023.

Porto de Galinhas, Uall, uma água de coco e uma cadeira de praia combinam muito com um lugar desses

Mais praias pernambucanas

A praia dos Carneiros está perto da capital, a somente 100 km de distância. Na mesma região, também está a praia Calhetas com um ambiente menos badalado e com mais natureza.

Se você quer mais paisagem urbana, na cidade de Olinda existem construções históricas que compartilham espaço com vista para o mar.