Como foi passear pelo centro de San José, na Costa Rica

Na segunda vez que visitei San José, na Costa Rica, país que fica na América Central, vi novidades que eu não tinha percebido antes. O centro de San José é pequeno, mas suficiente para um passeio casual.

No centro de San José, no Museo del Jade, você poderá ter mais contato com a história do país pelos vestígios arqueológicos. Perto está o Museu Nacional da Costa Rica que conta a história do país desde a época pré-colombiana, ou seja, antes da chegada de Colombo.

Museu del Jade bem no centro da Costa Rica

No dia que passei por lá, o clima estava um pouco frio e até meio nublado nas montanhas que rodeiam a cidade. San José não é uma cidade com muitos atrativos turísticos, então não tem porque ficar muitos dias por lá, sem contar que o preço das coisas são caros. Evite pegar o táxi em horários de pico, pelas 17h00, porque o trânsito, como toda cidade grande, pode deixar ainda mais cara a sua corrida.

O ponto forte da Costa Rica são as praias, para isso, existe a opção de ir para a cidade de Puerto Viejo, que tem diversas praias lindas. Tem também mais cidades com atrativos naturais exuberantes como o Parque Nacional Manuel Antonio e o Parque Nacional Volcan Tenório que também são outro ponto forte do país.

Aproveite para ir no Jardim Botânico Lancaster que fica perto de San José, na cidade de Cartago, a uma hora da capital.

Museu Nacional da Costa Rica, e o clima insistindo com as nuvens. Nada que uma jaqueta jeans não resolva

Exposição do corpo humano em plena praça no centro

Obra de arte inspirado no formato humano

Passeando pelos arredores do centro de San José
No andar inferior desta praça tem mais um espaço com exposições
Praça no centro com bandeira esvoaçando no fundo

Dica de transporte

Se você está chegando pelo aeroporto, mande um e-mail para o seu hostel ou hotel para que te mandem as opções de transporte disponíveis. Além do táxi, existem ônibus que passam em frente ao aeroporto que vão para o centro e não custam caro. Sempre evite o horário de pico para fugir do congestionamento.

Como é a Praia do Forte em Florianópolis

A praia do Forte em Florianópolis tem águas mais mornas e claras, ondas tranquilas e está localizada na região norte da ilha, do lado das praias de Jurerê Internacional e de Daniela. Você pode aproveitar para relaxar sem estar no meio da muvuca, pois o local tem um acesso menos fácil por estar praia meio isolado. Porém, caso você queira sentar almoçar ou comer algum petisco, também tem opções de restaurantes por perto.

Apesar do acesso não ser tão prático por causa de uma única via para descida e subida de carros, é claro que na alta temporada do verão, você sempre vai encontrar as praias de Florianópolis lotadas, ainda mais nos dias festivos e final de ano. Fora dessas datas, a praia do Forte não conta com muitos frequentadores que deixam a faixa areia aglomerada.

Tarde de verão em Floripa

O que eu mais gostei desta praia foi a água mais morna e as ondas mais tranquilas, o que é uma dádiva em comparação às outras praias de Floripa que podem ter águas frias ou geladas e ondas arrasadoras dependendo do dia.

Ondas do tipo “piscininha, amor” kkk

No canto direito, tem algumas pedras que você pode aproveitar para tirar suas fotos. Também o famoso forte está perto e é um resquício da história de Floripa. Se você preferir, pode visitar o lugar que é um museu.

Tire um tempinho para essa parada histórica

A paisagem no fim do dia nessa praia foi uma das mais bonitas que já presenciei, olha só esse céu na chegada da noite.

Lindo

Já que estou falando da Praia do Forte, não custa nada mostrar um pouco também de Jurerê Internacional que fica grudada. Eu particularmente, nunca me interessei em ir para a praia Jurerê por não achar a região tão bonita no quesito mar.

Mas, se você gosta de passar por regiões de casas de alto padrão e sentir um pouco do glamour desses locais, então recomendo uma rápida caminhada. Um dia eu acabei descendo em Jurerê Internacional para combinar com uns amigos para ir até a praia de Daniela.

Aproveitei para tirar algumas fotos pelo centrinho do bairro.

Bairro de Jurerê Internacional em Florianópolis
Dia ensolarado em Floripa
Debaixo da sombra da árvore esperando o meu carro de aplicativo

Caso você esteja na praia de Jurerê Internacional, no canto esquerdo, saiba que tem como chegar a pé até a Praia do Forte. Você só precisa subir um pouco o morro do forte, passar por ele e descer. Não tem como se perder.

Passagem aérea barata: 3 dicas para comprar

Olá, amigos, tudo bem?
Como eu já viajei para 12 países e mais de 40 cidades, foi essencial ter estratégias para comprar passagens aéreas baratas, afinal é melhor pagar sempre um preço justo ou em promoção.

Confira abaixo dicas de como comprar voos por bons preços:

1 – Antecedência

O ideal é se planejar para comprar a passagem aérea com dois meses antes da viagem. Eu sempre encontrei bons preços quando comprei com essa antecedência. Para isso, você pode pesquisar em diversos sites como o Google Voos, por exemplo.

2 – Notificações ou alertas de preços

No site Google Voos, é possível você configurar um alerta para a mudança de preços. Assim sempre que a passagem aumentar ou cair de preço, você fica sabendo. Em celulares com Android, a notificação aparece na tela, então dá para aproveitar as quedas de valores, mas você tem que ser rápido para não perder a promoção, afinal elas se esgotam em pouco tempo. Não deixe para comprar depois.

Busque a passagem no Google Voos e monitore o seu preço

3 – Sites estrangeiros

Essa é uma dica especial que me ajudou muito. Eu já comprei passagens aéreas pela metade do preço em sites estrangeiros, pois eles são mais baratos. Uma vez eu estava na Colômbia e vi a versão do site no Brasil e na Colômbia. A versão estrangeira tinha passagens mais baratas. Na época eu comprei com a Latam um voo de aproximadamente R$ 120,00 de Medelim para Cartagena, litoral norte do país.

Então, sempre que puder, verifique a versão estrangeira do site da empresa. Não se esqueça que é preciso ter um cartão de crédito internacional para a compra.

Passeando a pé na Ilha de Cozumel, no México

Olá, amigos, nessa postagem vou falar de alguns lugares que são possíveis de visitar a pé na ilha de Cozumel, no México. O ideal é ter algum meio de transporte para você se locomover em menos tempo e se cansando pouco no percurso, aqui tem uma dica matadora de transporte pela ilha.

Esculturas no caminho para a Playa Azul


A praia mais perto do porto é a Playa Azul, que é particular. Você consegue chegar lá caminhando uns 25 ou 30 minutos. No entanto, eu só recomendo esse passeio durante a manhã, pois o sol não está tão forte. Para permanecer na praia, é preciso consumir algo no bar/restaurante que fica na entrada.

Playa Azul
Fonte: Different world

O trajeto da caminhada é agradável, tem várias esculturas que remetem aos povos nativos da região. A bela vista do mar e a amplitude da calçada deixam a experiência melhor ainda.
As demais praias ficam mais longe, então é melhor chegar nelas de carro.

Praça das duas culturas

Caminhando próximo ao porto, também é possível conhecer o centro de Cozumel, que é cheio de lojinhas de artesanatos e lembranças para levar de recordação. Eu levei um chaveiro lindo de Cozumel para a minha irmã. Se você quiser matar sua fome, é só andar mais um pouco pelo centro que vai encontrar diversas variedades de restaurantes. O Señor Frogs, por exemplo, está no centro comercial chamado de Punta Langosta, que fica a uns 15 minutos caminhando da praça principal.

O Taco y Tequila está praticamente do lado do Señor Frogs.

No fim do dia, tem o presente gratuito da natureza que é o belo pôr do sol. Ideal para você apreciar do porto da ilha.

Fim do dia em Cozumel

Curtindo a praia das Gaivotas em Floripa

A alguns minutos do centro do bairro dos Ingleses, no norte de Florianópolis, fica a praia das Gaivotas. Lá você pode encontrar uma faixa de areia mais extensa do que na praia perto do centrinho do bairro. As ondas são um pouco mais agitadas, mas nada que impeça de curtir o mar. A areia é clara e a água é transparente, mas isso vai depender do dia. A temperatura do mar pode ficar um pouco fria, porém não atrapalha os mergulhos, ainda mais se o sol estiver rachando.

Em um domingo, fui lá com a minha mãe aproveitar a praia. Como o dia estava de sol, então curti bastante. Se você não vai levar um guarda-sol, o preço do aluguel é de R$ 10,00 até as 18h00. Aluguei um e fiquei até umas 15h00. Já estava com as cadeiras de praia.

O domingo estava de sol, céu limpo, então aproveitei para tirar um foto na beira da Praia das Gaivotas

Caso você deseje ir caminhando do centro dos Ingleses até a praia, vai levar cerca de uns 20 minutos. Se pegar um Uber, é rapidinho; uns 6 minutos. Eu fui de Uber de casa até as Gaivotas.

Gosto de tomar bastante sol e garantir a vitamina D. Curto me queimar, mas passo bastante protetor e hidratante para não descascar

Se você for comprar alguma comidinha ou bebida na alta temporada (de dezembro até meados de março), prepare o seu bolso. Uma água de coco custa R$ 10,00, enquanto um açaí médio R$ 15,00, se for no crédito, pode ter alguma taxa. Levei algumas comidas de casa, então não gastei quase nada na praia mesmo, só tomei o açaí.

Nada melhor que apreciar a natureza na beira do mar

O dia foi bom demais nessa praia de Floripa

Essa foto foi tirada debaixo da sombra do guarda-sol

O que fazer quando alguém grita com você?

Sinceramente, a primeira coisa que pensamos quando outra pessoa grita com a gente é: Por quê?? 


Tem gente que não tem medo de expressar a sua indignação ou simplesmente quer desrespeitar a outra, mas aí está a questão. Não é necessário ficar gritando com ninguém para se fazer entender. O grito muitas vezes é um sinal de que a pessoa não vai com a sua cara e está fazendo questão de mostrar isso para você, principalmente, se é uma pessoa fora do seu círculo de amigos e que você acabou de conhecer. 


Existem várias maneiras de reagir a um grito, tudo depende do seu temperamento. A seguir vão algumas sugestões de como agir diante de uma pessoa que resolveu ativar o alto-falante da garganta dela:


Respire fundo

Um grito gera um incômodo e uma repulsão em relação ao que grita. Muitas vezes você pode entender que a pessoa está tão estressada, que resolveu descontar em você, então simplesmente respire fundo e vá procurar outra coisa para fazer. Se você não quiser levar um segundo grito e não se importar com isso, continue conversando com a pessoa tranquilamente já preparada para o próximo berro.


Tome um suco de maracujá

Tudo bem que parece que um grito, na grande maioria das vezes, nunca faz sentido. Mas, se você está discutindo fervorosamente com uma pessoa, é comum que ela grite para ganhar a conversa se ela já gosta de gritar. Dependendo da conversa, se alguém já começou a usar o recurso, é porque quer ser mais. Então mesmo que o grito faça sentido, ou não, deixe para lá. Se estiver na sua casa, vá na cozinha preparar um lanchinho e tomar um suco de maracujá e tudo terminará bem.


Veja se é natural

Algumas pessoas falam gritando naturalmente, com essas não dá nem para discutir, principalmente se você tem a voz fina e baixa. Algumas pessoas falam parecendo que engoliram um microfone, mas esse é o modo natural de se comunicarem. Uma dica é evitar que essa pessoa um dia precise gritar com você.


Estabeleça limites

Essa é para aqueles que não admitem serem maltratados. Gente, não vamos brigar só porque alguém grita com a gente. Apenas vamos impor limites. Dependendo da pessoa que grita, podemos traçar uma fronteira sem direito a um carimbo de entrada. Quando alguém começar a gritar devemos dizer: “Não grita comigo que eu não estou gritando com você…”. Pronto, você já deixou claro que não quer e que não gostou de ser gritado.


Reaja no mesmo nível (da idade mental)

Se depois que você já estabeleceu o limite, a pessoa quer continuar a gritar, não vale a pena discutir ou começar uma briga. Se a pessoa grita sem parar, comece a reagir no mesmo nível etário (5 anos) que ela está agindo. Coloque as mãos nos ouvidos e comece a cantar: lá, lá, lá, lá, lá… Vá para outro lugar mostrando que você sabe lidar muito bem com pessoas que têm certos tipos de atitudes. 


Seja cordial

Se um dia o seu chefe gritar com você, não fique triste. Não leve para o lado pessoal e tente ser o mais tranquilo possível para garantir o seu salário no final do mês. Se o chefe costuma sempre gritar com você, procure outro emprego ou simplesmente ignore os gritos. Não use a dica do “Reaja do mesmo nível”. Simplesmente tenha paciência e procure outro trabalho, se um grito é uma coisa que te deixa mal e afeta a sua alegria de trabalhar para a empresa. Ou… então, fale cuidadosamente: “eu não estou acostumado a levar grito, não…”

Seguindo essas dicas, você vai se sair muito bem na vida quando alguém vier gritar com você. É melhor agir assim que começar uma briga, tudo pode ser resolvido com atitudes mais amenas que não geram atritos entre as pessoas. E se você é a pessoa que gosta de gritar: PARE com isso agora!! Antes que tudo o que você deixe para trás seja um caminho cheio de inimizades por onde você andar.

Onde comer um bom cachorro-quente em São Paulo

Quem é que não gosta de comer um delicioso hot dog? Ou cachorro-quente como também é chamado o lanche muito popular no mundo todo. Não é difícil encontrar algum lugar que venda hot dog, mas poucos têm um sabor delicioso e um bom preço.

Um lugar que sempre recomendo e levo os meus amigos é o trailer do Edinho, na Praça Silvio Romero no bairro do Tatuapé. O cachorro-quente básico já é delicioso o suficiente para não pensar muito antes de escolher essa opção. O valor é mais convidativo ainda são R$ 8,00.


Nos fins de semana, é normal uma fila se formar no trailer, no entanto, vale a pena esperar. Então, se você quer comer um cachorro-quente saboroso, é só comparecer lá na Praça Silvio Romero, no bairro do Tatuapé em São Paulo. O trailer fica aberto o dia todo e sempre lota nos fins de semana à noite.

Praça Silvio Romero – Tatuapé
Reprodução/Gazeta do Tatuapé

Como fazer o check-in rápido

Ninguém gosta de perder tempo na fila, para isso existem formas de agilizar o check-in no aeroporto. Quem está em cima da hora pode acabar perdendo um tempo precioso para embarcar rapidamente. Abaixo vão recomendações que vão te ajudar a ser prático e a fazer o seu check-in sem demora nenhuma.

Se você vai fazer check-in no Aeroporto de Guarulhos, as dicas dessa postagem vão ajudar muito
Paine Aeroporto de Guarulhos – São Paulo

Aqui vão as dicas:

  • Você não precisa pegar a fila no balcão da companhia aérea se não despachar a mala. Apenas vá em algum terminal de auto-atendimento e informe os dados do seu voo na tela. O equipamento irá imprimir o bilhete para você na hora;
  • Se você precisa despachar a bagagem, então tente chegar mais cedo. Em geral, quando se aproxima o horário do voo, a fila fica maior, principalmente em aeroportos bem movimentados.
  • Confirme o peso permitido por sua companhia aérea antes mesmo de comprar a passagem. Isso evitará surpresas no momento do check-in;
  • Tente não ultrapassar o peso da mala que irá despachar, caso aconteça isso, você poderá perder tempo se quiser retirar algum item ou roupa que está causando o excesso de bagagem. Caso não queira ficar o tempo necessário no check-in para retirar algo, então você terá que pagar o excesso de bagagem. O valor não sai barato. E
  • Se você estiver acompanhado de idosos, vá para o atendimento preferencial.

Com essas dicas vai ficar fácil agilizar o check-in tanto para você quanto para outras pessoas.

O que é o Latam Pass?

Todo viajante quer aproveitar o passeio da melhor maneira e isso inclui economizar. O Latam Pass serve para acumular pontos e trocá-los por viagens. Quando você viaja usando o seu cartão de crédito e compra produtos ou consome serviços em empresas parceiras, você acumula pontos para trocar por viagens ou benefícios.

Sala Vip do Aeroporto de Guarulhos
Reprodução/Próxima Trip

Os cartões de créditos aceitos são Itaú, Banco do Brasil, Bradesco e Santander.

Você acumula pontos usando o seu cartão em:

  • Voos LATAM;
  • Compras online;
  • Hospedagens e
  • Combustível.

Entre as empresas que participam do programa estão: Magazine Luiza, Netshoes, Km de Vantagens e Booking.com.

Os benefícios incluem:

  • Acesso privilegiado para Salas VIP LATAM (onde tem comida à vontade);
  • Upgrade de cabines (possibilidade de mudar da classe econômica para a executiva, por exemplo, mas é preciso verificar as condições do voo);
  • Check-in e embarque preferencial (fila pra quê?); entre outros.

É necessário se cadastrar no site do programa para participar das vantagens.

Aproveite a dica 😉